Buscar
  • Emerson Duarte

Se você agir assim, sua empresa vai quebrar


Crédito: Freepik

Você já pensou porque as coisas parecem ser mais difíceis para umas pessoas em comparação com os resultados de outras? Esta pergunta não tem uma resposta apenas, mas cabe refletir que um dos motivos é, sem dúvida, o mind set. Que é na prática a configuração da sua forma de pensar e, consequentemente, de agir.

A boa notícia é que nossa mente pode ser treinada exatamente como nosso corpo. Criar hábitos funciona também para a configuração de um pensamento mais produtivo e voltado para tornar nossas atitudes positivas e proativas.

Um exemplo que faz refletir é a resposta negativa que certo comerciante deu a uma solicitação de reunião, onde poderia efetivar negócios voltados para a melhoria da sua empresa com ideias a serem aplicadas a partir do planejamento para o próximo ano.

O motivo alegado por ele para rejeitar o encontro é que o mês de dezembro é momento de vender mais, em função das festas de fim-de-ano. E se afastar do seu negócio durante 1 hora para um encontro como o proposto seria impossível em função da grande movimentação de clientes, que requer sua presença ininterrupta.

Este pensamento reúne dois erros gravíssimos em se tratando da gestão de uma empresa. O primeiro revela uma centralização equivocada, em que o empresário não pode se ausentar do negócio sem que seu funcionamento seja comprometido.

Para esta dor, podemos citar dois remédios:

. A digitalização do negócio para que possa controlar todo o andamento das atividades ainda que à distância. Um bom software de gestão auxilia neste ponto e para saber se a ferramenta é ideal, basta analisar os relatórios gerados ao final do dia. Eles devem permitir que o empresário enxergue e compreenda toda a movimentação da sua empresa mesmo sem estar presente nela;

. Delegar atribuições e compartilhar responsabilidades também são iniciativas fundamentais para que um negócio sobreviva à ausência do dono. As empresas que vão perpetuar no tempo funcionam assim.

A importância das ferramentas de gestão para a tomada de decisão

O segundo erro é reforçado pelo primeiro e está relacionado ao que exemplificamos no início. A mente deste empresário está configurada para trabalhar de forma limitada, com uma visão estritamente local, sem a capacidade de olhar além.

Para esta dor, o remédio é único:

. Levantar o olhar e ver ao redor. Após dezembro, virão outros 12 meses em sequência até fechar o próximo ano. E se o empresário não puder parar durante alguns minutos diariamente e dedicar-se ao planejamento do seu negócio vai passar todos os outros meses “correndo atrás”, quando deveria andar na frente, antecipando situações com base em um bom planejamento.

Se isto não ocorrer agora, em janeiro vêm as férias, em fevereiro o Carnaval. Talvez o ano deste empresário comece em março, mas mantendo o mind set atual, sempre haverá um motivo para ele se encastelar dentro da empresa resolvendo as urgências do dia-a-dia geradas inevitavelmente em um ambiente onde a gestão é feita no improviso.

E assim, chegará dezembro novamente, mas resta saber se a empresa que tem à frente este tipo de gestor continuará existindo até lá.

#negócios #empresário #gestãodenegócios #planejamentoestratégico #gestãoideal #gerenciamentoadequado #posturaempreendedora #mindsetdenegócios

27 visualizações

Gerencie Melhor é uma publicação de EMC Sistemas, com o objetivo de disseminar informação

gratuita e de qualidade, para a melhoria dos resultados das empresas com dicas de gestão empresarial.

(31) 3851 3838 | marketing@emcsistemas.com.brwww.emcsistemas.com.br

João Monlevade, Minas Gerais - Brasil