Quando agir certo é fazer mais que apenas o habitual

 

O caso de um motorista de ônibus que acresceu alguns quilômetros em sua rota para "salvar o Enem" de um grupo com 15 estudantes na cidade de São Carlos (SP) viralizou nas redes sociais nesta semana. O senhor Geraldo (foto), contratado pela empresa há apenas 9 meses, teve pouco tempo para decidir se quebraria um paradigma saindo da sua zona de conforto ou manteria sua rota pré-determinada, considerando que não tinha nada a ver com o problema do atraso dos estudantes.

 

O que para muitos é apenas um pequeno gesto significou para o grupo atendido a garantia de que um ano inteiro de preparação para fazer a prova não parasse no portão fechado de uma escola devido ao atraso na chegada ao local, que certamente ocorreria caso não fosse socorrido pelo motorista.

 

Isto ficou claro no agradecimento publicado pela estudante Angelita Silva em um grupo do Facebook na cidade de São Carlos.

"Então passou um Arnon de Mello linha 41, que não iria até a Unicep, só até a Associação Desportiva da Polícia Militar (ADPM). Só que pra não chegarmos atrasados o motorista esticou até lá. Eu queria muito agradecer esse motorista. O nome dele é Geraldo! Queria dizer que nesse mundo tão desumano, encontrar pessoas como ele que faz o bem pelo ser humano sem obrigação nenhuma , enche a gente de esperança. Muito obrigada de verdade!", escreveu.

 

O fato chama a atenção também, é verdade, por se tratar do transporte público, serviço normalmente tão criticado no país. E serve como exemplo para empresários e colaboradores de empresas que atuam em qualquer setor, mostrando de forma clara como focar em proporcionar a melhor experiência para o cliente faz toda a diferença.

 

O post na rede social, que poderia ser de uma estudante, ou um grupo, reclamando da falta de estrutura da empresa por, possivelmente, não ter reforçado a linha que levaria até a escola onde o Enem ocorreu, provocando atraso de quem esperava no ponto, foi revertida e tornou-se um testemunho viral positivo.

 

Esta é a diferença entre sucesso e fracasso na relação com o cliente, que cobra o que é seu direito, reclama diante de um atendimento ineficiente, mas valoriza quando surpreendido positivamente.

 

O motorista sabia que sua decisão poderia ter sido interpretada de outra forma pela empresa, mas não se omitiu e acertou. "Eu pensei: ‘vou levar eles lá’, porque eles já estavam atrasados. Eles pegaram comigo era 12h20, aqui na Carlos Botelho, perto da Santa Casa. Fui subindo a Miguel Petroni, foi entrando mais gente, aí chegamos lá em cima era 12h30, ai eu dei uma esticadinha até a Unicep", contou sobre a sua atitude, que diferencia profissionais que cumprem ordens, mas também tomam decisões, dos que apenas cumprem ordens.

 

A empresa Suzantur, concessionária de transporte coletivo em São Carlos, claro, aproveitou a oportunidade para reforçar sua imagem e divulgou nota enaltecendo a atitude do colaborador.

 

"Como no ônibus havia cerca de 15 pessoas que iriam fazer a prova no Enem na Unicep e sendo que os portões se fechariam às 13h, o motorista, em uma atitude altruísta, resolveu seguir por mais três quarteirões, deixando os estudante na rotatória do Unicep, sem prejudicar, de forma alguma, a rota de retorno", publicou em um comunicado.

 

Por fim, ganharam os estudantes que garantiram seu acesso ao Enem, ganhou o motorista que mostrou à empresa sua qualidade como profissional, ganhou a empresa que teve sua imagem projetada positivamente, revertendo uma situação que seria negativa, e ganhamos nós, que podemos refletir sobre este exemplo.

 

*Diretor de Marketing da EMC Sistemas 

 

Veja matéria do Bom Dia SP sobre o fato: https://goo.gl/h97BZp

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Veja também
Please reload

Gerencie Melhor é uma publicação de EMC Sistemas, com o objetivo de disseminar informação

gratuita e de qualidade, para a melhoria dos resultados das empresas com dicas de gestão empresarial.

(31) 3851 3838 | marketing@emcsistemas.com.brwww.emcsistemas.com.br

João Monlevade, Minas Gerais - Brasil